Bispos referenciais da ação missionária realizam encontro na sede das POM

Nesta sexta, 15 de março, acontece na sede das POM em Brasília o Encontro dos Bispos Referenciais da ação missionária. A atividade reúne os bispos que compõem a Comissão Episcopal para a Ação Missionária e Cooperação Intereclesial da CNBB, presidida por Dom Maurício Jardim, bispo de Rondonópolis-Guiratinga, e também formada por Dom Esmeraldo Barreto de Farias, bispo da diocese de Araçuaí (MG), Dom Luis Fernando Lisboa, bispo de Cachoeiro de Itapemirim (ES), e Dom Paulo Andreolli, bispo auxiliar de Belém do Pará.

Participam do encontro os bispos responsáveis pela animação missionária nos Regionais da CNBB. Entre os assuntos em pauta esteve a partilha dos regionais, a organização da Comissão Missionária da CNBB, o Projeto Igrejas Irmãs e o Programa Missionário Nacional. A atividade antecede a Assembleia do Conselho Missionário Nacional (COMINA), que inicia com a celebração eucarística na noite desta sexta e se estende até domingo, 17 de março.

Missão em toda a vida
Segundo Dom Maurício Jardim, o encontro pode aprofundar as experiências vividas em cada Igreja particular. “Tem sido um momento de partilha da vida missionária dos regionais e daquilo que os bispos têm acompanhado. Temos partilhado sobre os dois âmbitos da missão, que é a questão paradigmática e programática, vendo como isso é compreendido em cada regional. A questão paradigmática se dá ao compreender como perpassa a missionariedade em toda a vida, nas pastorais, nos movimentos e em todos os sujeitos eclesiais. É como a missão é entendida como modo de ser. Com relação ao âmbito programático, temos discutido como as atividades de cada regional tem acontecido e percebemos que muitas coisas tem sido realizadas nos regionais. É muita vida missionária, são muitas as atividades. Vemos o Brasil crescendo na ação missionária e também se compreendendo como Igreja em estado permanente de missão”, destacou o presidente da Comissão Missionária.

Ainda segundo Dom Maurício, esteve em pauta o projeto Igrejas-Irmãs, que está sendo revitalizado e discutido na CNBB, a partir da redação de um texto que será enviado para a Assembleia Geral dos Bispos e para o Conselho Permanente da CNBB. Após a sua aprovação, pensa-se em fazer uma publicação deste conteúdo. O projeto Igrejas-Irmãs da CNBB é uma iniciativa que visa promover a solidariedade e a cooperação entre diferentes dioceses e comunidades católicas no Brasil. A ideia por trás desse projeto é estabelecer parcerias entre dioceses de diferentes regiões do país, unindo-as em um espírito de fraternidade e apoio mútuo.

Participam do encontro 16 bispos referenciais da missão. O encontro também conta com a presença dos assessores da Comissão Missionária, Pe. Tiago Camargo e Ir. Eliane Santana.

Outras Notícias